Quem nunca caiu num buraco que atire o primeiro paralelepípedo #45

A moradora Mariângela rimou bonito: “é um menino grandão, apareceu na nossa porta depois daquelas chuvas de verão!”, já tem até cabelinho. Eis um belo espécime de cratera. Realmente impressionante.

Rua Poeta Evaristo de Souza, Felipe Camarão

Anúncios
Esse post foi publicado em Buracos. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Quem nunca caiu num buraco que atire o primeiro paralelepípedo #45

  1. Mariangela Ribeiro disse:

    Olá, sou a moradora que enviou estas belas fotos, respondi ao e-mail de vocês, mas acho que não viram, então o endereço é este: Rua Poeta Evaristo de Souza, Felipe Camarão, Natal!
    É ou não, um menino grandão? (:

  2. sininho disse:

    oi sou de sampa e procuro meus parentes nessa reu por acaso vc sabe que he milton ou lucia anike marlom teresinha se eles moram ai nessa rua se for me responda por favor pega o fone deles por favor sou irmao dele e tem mais de 10 anos que nao os vejos se nao for els vale obrigado

  3. Mariangela Ribeiro disse:

    Olá!
    Perguntei a alguns vizinhos e eles (assim como eu) não conhecem ninguém que more aqui com estes nomes, infelizmente não poderei ajudá-lo.
    Por nada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s