O retrato de um desgoverno

Clique para ampliar

Anúncios
Esse post foi publicado em Buracos. Bookmark o link permanente.

3 respostas para O retrato de um desgoverno

  1. diego disse:

    Diz o ditado que quando o barco ameaça submergir, os ratos são os primeiros a abandonar o navio. Foi exatamente o que fizeram os ex-aliados da prefeita Micarla de Sousa (PV), que ajudaram a elegê-la mas, diante do naufrágio iminente, abandonaram a embarcação como se não tivessem nenhuma responsabilidade.

    Os outrora aliados do DEM, PMN, PSDB e PR afastaram-se da administração do PV alegando que a prefeita, sobre quem depositavam esperanças redentoras, os desapontara. Com isso, querem que creiamos que são uns pobres ingênuos, homens bons capturados em sua santa inocência, levados a acreditar na farsa que atende pelo nome de Micarla de Sousa.

    A estratégia é fazer a população crer que nada têm a ver com o retrocesso que aí está, quando a verdade é justamente o contrário. O deputado federal Rogério Marinho (PSDB), um dos integrantes da tropa de choque micarlista em 2008, chegou a dizer que a deputada federal Fátima Bezerra (PT), adversária de Micarla de Sousa naquela eleição, seria “responsável pelos problemas” na atual gestão.

    O argumento do tucano é que, como a prefeita apoiou, no segundo turno de 2010, a candidatura da presidenta Dilma Rousseff (PT), “é possível imaginar que vai haver uma parceria entre o PT e o PV nas próximas eleições municipais”. A declaração de Rogério Marinho é um lamentável exercício de desfaçatez.

    O neo-tucano apoiou a candidatura de Micarla de Sousa após ser preterido pelo PSB, seu partido à época, em favor de Fátima Bezerra. Motivado pelo desejo de vingança, Rogério Marinho pediu votos para a borboleta e comandou, nos bastidores, a equipe responsável pelos ataques apócrifos contra a candidata do PT (lembram do panfleto da “Grande Família” que circulou naquele ano?).

    Como é que, agora, o tucano quer se eximir da responsabilidade pelo caos administrativo em que se encontra nossa cidade? Rogério Marinho, assim como os deputados federais Fábio Faria (PMN), Felipe Maia (DEM) e João Maia (PR), o senador José Agripino (DEM) e a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), tem suas digitais impressas nesse estelionato eleitoral cometido contra o povo de Natal.

  2. Manoel disse:

    Parabéns Diego, falou tudo…

  3. Evanuely disse:

    Muito pertinente, e muito bem colocado a dissertação acima. Sigo no twitter e sempre vejo os relatos mostrado, pelo pessoal que faz o BURACOS DE NATAL.Indico a todos e gostaria de receber os informativos no meu e-mail também, se possível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s